12 dicas para encontrar uma pessoa desaparecida

Enquanto pesquisava sobre outro assunto na internet, me chamou a atenção um banner que mostrava fotos de pessoas desaparecidas. Clicando no link do banner em questão, visitei o site que mostra as fotos dos desaparecidos e aproveitei para copiar o código que me permitiria mostrar o banner em meu próprio site, coisa que recomendo a você, que possui um blog ou site, fazer também. É uma forma de ajudar pessoas desesperadas pelo desaparecimento de um ente querido. Quem sabe não é essa sua ação simples que, devidamente regada com suas orações, vai ajudar a encontrar alguém e fazer voltar a alegria de uma família?

Continuei mais um pouco as pesquisas sobre o assunto e fui parar no site CNPD – Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas – de onde copiei as dicas abaixo.

1) O primeiro lugar onde procurar uma pessoa desaparecida é próximo ao local de desaparecimento, pergunte a todos, aqueles que se encontram no local e aqueles que estão passando pelo local. Se for o caso, volte no dia seguinte, no mesmo horário do desaparecimento e repita novamente as mesmas perguntas, àqueles que se encontram no local e a aqueles que estão passando pelo local, se possível, leve uma fotografia da pessoa desaparecida e faça uma descrição das roupas que esta pessoa estava usando.

2) Se for durante um trajeto, faça e refaça o trajeto, perguntando a todos se tem alguma informação, pare e entre em todos os comércios, bares, postos de gasolina, etc no trajeto e pergunte a todos. Se for o caso, volte no dia seguinte, no horário do desaparecimento, e repita novamente todas as mesmas perguntas a todos.

3) Procure na casa de todos os seus parentes (sogros, tios, primos, etc,) mesmo daqueles mais afastados e peça ajuda deles para procurar, quanto mais gente procurando, maiores as probabilidades de se encontrar a pessoa o mais rapidamente possível.

4) Procure junto a todos os amigos, de escola e de trabalho, de preferência, vá pessoalmente. No caso de crianças e adolescentes, explique seu problema e peça aos pais destas crianças ou adolescentes que interroguem seus filhos ao chegar em casa, e que informem imediatamente caso descubram alguma coisa. No caso de colegas de trabalho, interrogue a todos, aqueles que trabalham com a pessoa, seus amigos, chefes, subordinados, os seguranças, as secretárias, etc e em todos os casos, peça a eles sempre se tem uma idéia ou uma sugestão onde poderia encontrar ou quem poderia ajudá-lo a encontrar a pessoa desaparecida.

5) Visite todas as delegacias de polícia, plantões policiais, os hospitais, os pronto socorros, as clínicas, o corpo de bombeiros (e o resgate), o institutos médico legal de sua cidade ou das cidades do trajeto da pessoa desaparecida. Se não encontrar, registre o boletim de ocorrência informando às autoridades o desaparecimento da pessoa (não é necessário esperar 24 horas, o B.O. pode ser feito a qualquer momento).

6) Acompanhe o inquérito policial e colabore com as autoridades, seja franco e sincero, não esconda nada e forneça sempre o máximo possível de informações, repasse todas as pistas, exponha todas as suas teorias e informe-os de tudo o que descobrir, souber o vier a saber,

7) Depois disto, repita o procedimento de busca, visitando hospitais, delegacias e os institutos médicos legais de todas as cidades em torno, de sua residência ou de seu local de trabalho e do trajeto efetuado pela pessoa desaparecida.

8) Se a pessoa desapareceu efetuando um trajeto, organize batidas a pé em todos os terrenos baldios, campos, florestas, obras e construções abandonadas no trajeto,

9) Avise os órgãos de imprensa, televisões, rádios, jornais de sua cidade e de sua região.

10) Imprima cartazes com um telefone para contato ou denuncias, e espalhe por todos os locais movimentados de sua cidade e no trajeto efetuado pela pessoa desaparecida, nas escolas, fábricas, escritórios, rodoviárias, etc,

11) Faça o cadastro da pessoa desaparecida no Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas.

12) Peça ajuda a todas as ONG (organizações não governamentais) de sua cidade, seu estado ou do país.

Fonte: CNPD – Cadastro Nacional de Pessoas Desaparecidas (página “Onde Procurar”)

2 opiniões sobre “12 dicas para encontrar uma pessoa desaparecida”

  1. Moro no Rio de Janeiro,nos anos 90 morou com a nossa famila uma Baiana chamada Simone,ela e da vitoria da Conquista, de um Municipio chamado Caatiba,gostaria muito de encontra-la,saber como ela esta,nos mudamos de Bairro e telefone, mas ela podera se comunicar conosco por email ou no facebook. Nos ajude’toda familia deseja reecontra-la. Grata, Celia Giffoni…..

  2. Gostaria que achar meu irmão José Sebastião Bento. Ele morava em Taubaté, depois morou em São Gonçalo. Ele tem 68 anos agora. É filho de Maria José de Paula Bento e Onofre bento. Se alguém souber de seu paradeiro por favor envie-me um email.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>